quarta-feira, 18 de novembro de 2009

DICAS DE DIREÇÃO DEFENSIVA.

Conceitos de Direção Defensiva

Dirigir defensivamente consiste em estar atento com você e com os outros ao seu redor, antecipando-se a atos inseguros próprios e principalmente de terceiros.

É o ato de conduzir o veículo de modo seguro, para evitar qualquer tipo de acidente. Além dos procedimentos fundamentais para realizar uma viagem segura, como respeitar a sinalização e os limites de velocidade, utilizar cinto de segurança nos bancos dianteiros e traseiros, além de outros cuidados importantes para a prevenção de acidentes nas rodovias estaduais.

Dicas

Comportamento Nas Curvas.

Um dos segredos de dirigir com segurança é saber fazer uma curva corretamente. Nunca entre em excesso de velocidade numa curva. Freie sempre antes. Caso seja inevitável frear durante a curva, não pise no freio de uma só vez, dê leves pisadas, acertando a direção do veículo. Ao frear na curva, seu carro perde a aderência ao solo porque a força centrífuga tende a jogá-lo para fora da pista. Você deverá fazer a curva pisando levemente no acelerador, o que aumenta a aderência do seu carro.No caso de uma curva fechada e em descida é aconselhável trocar a marcha por outra mais reduzida (terceira ou segunda). Assim você pode continuar acelerando.

Mantenha uma Distância de Seguimento.

Grandes filas de veículos são muito perigosas, principalmente quando os carros estão colados. Qualquer freada mais brusca pode iniciar colisões sucessivas.
Quanto maior a velocidade do tráfego, maior deve ser a distância entre carros. Só assim você pode acompanhar, com segurança e a tempo, as evoluções do tráfego.
Mantenha uma distancia de pelo menos três segundos de distância do veículo que segue a sua frente.

Antes de pegar a estrada, faça uma revisão do veículo.

Os cuidados com o veículo podem começar num posto de combustível. Quando for abastecer o carro, o motorista pode aproveitar para fazer algumas checagens simples: conferir o nível do fluido do radiador, óleo (motor e freio) e a água para o limpador de pára-brisa. Também deve verificar se os pneus estão bem calibrados. Caso estejam carecas, é melhor substituí-los.

Em uma oficina de sua confiança, efetue a checagem dos freios e da parte elétrica do veículo. Todas as luzes e setas devem estar funcionando corretamente. Se alguma estiver queimada, será necessário trocá-la.

É importante checar se estão no carro todas as ferramentas obrigatórias: macaco, chave de roda e triângulo para sinalização. Também vale a pena ter outras ferramentas, como jogo de chaves fixas, chaves de fenda e lanterna. Além disso, o extintor de incêndio deve estar dentro do prazo de validade.

Os maus hábitos ao volante, evite-os.

Segurar o automóvel na embreagem – Controlar o veículo com a embreagem numa subida, faz com que o platô não pressione o disco de embreagem contra o volante do motor. Isso acaba provocando um deslizamento entre o disco e o volante, prejudicando os componentes da embreagem, com possibilidade até de comprometer partes do motor.
Virar o volante com o veículo parado – Força excessivamente o pinhão e a cremalheira da caixa de direção, diminuindo sua vida útil, além de prejudicar os pneus e forçar as buchas de suspensão.
Esperar o motor aquecer – Esta prática, além de desnecessária acaba prejudicando o rolamento do eixo primário da caixa de mudanças.
Lavar o motor – O motor não foi feito para receber água sob pressão em seus conectores elétricos. Quando é lavado com jato de água, o motor pode ter seus conectores soltos ou com acúmulo de água com desengraxante ou sabão, com o tempo, os conectores podem sofrer oxidação, exigindo a troca do chicote.
Deixar o tanque quase vazio – Andar muito tempo com o combustível na reserva pode prejudicar a bomba de combustível e as válvulas injetoras, em função das impurezas do combustível, depositadas no fundo do tanque.
Dirigir com a mão sobre a alavanca do câmbio – Desgasta as engrenagens.
Manter o pé apoiado na embreagem – Provoca desgaste prematuro na peça.
Dirigir com o braço para fora do carro – Provoca lentidão nas reações do motorista e a atitude é punida com multa.
Dirigir com o banco deitado – Também dá lentidão às reações, além de provocar dores nas costas.
Usar a luz de neblina desnecessariamente – Ofusca os motoristas que vêm atrás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário