sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

PONTE JOEL SILVEIRA QUE TORNARÁ O ACESSO ÀS PRAIS DO LITORAL SUL MAIS RÁPIDO, RECEBE AS PRIMEIRAS CAMADAS DE ASFALTO.

O pavimento de concreto da Ponte jornalista Joel Silveira recebe as primeiras camadas de asfalto. A capa asfáltica tem sete centímetros de espessura e está sendo implementada por módulos. A colocação foi iniciada pelo Mosqueiro, em Aracaju, já que a rampa de acesso deste lado está em fase de conclusão, faltando apenas as defensas e a finalização da calçada para pedestres.

Os trabalhos para a conclusão da obra prosseguem em várias frentes. Mais da metade dos 72 postes de aço galvanizado a fogo - o mais resistente – que farão a iluminação da ponte já foram instalados. Na parte da Caueira, enquanto uma equipe faz o aterro da rampa de acesso, outras duas avançam no sentido de Aracaju, fixando e pintando os guarda-corpos.

A conclusão dos serviços da ponte sobre o rio Vaza-Barris, pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), vai resultar em um maior crescimento social e econômico para o Estado, principalmente por causa do incremento do turismo, que favorecerá os municípios de Aracaju, Itaporanga D’Ajuda e também Estância. A previsão da conclusão é para o final do próximo mês.

De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, nos próximos dias grandes avanços serão vistos na construção. “A rampa de acesso à Caueira e os passeios externos poderão ser concluídos dentro de uma semana. A partir disso, será possível ver o andamento da obra. Tenho certeza que no prazo previsto a ponte estará pronta, faltando apenas a data de inauguração”.

Também estão em fase de conclusão o alargamento e o recapeamento asfáltico dos dois quilômetros da pista de acesso, e a construção da praça onde será colocada a estátua do jornalista Joel Silveira.

Para o técnico sanitarista, Maurício Henrique Moura de Oliveira, residente em Aracaju há aproximadamente um ano, a ponte vai facilitar e muito o deslocamento. “A gente não vai perder tempo esperando a balsa e vai aumentar a frequência de turistas de outros estados em Sergipe”, destacou, dizendo que antes vinha a passeio duas a três vezes no ano. Já para a universitária Grace Barreto, “com certeza a ponte vai tornar mais rápido o meu deslocamento e a descoberta das belezas naturais existentes no litoral sul sergipano”.

Emprego

No auge da obra foram ofertados, somente no mês de agosto do ano passado, mais de 850 empregos diretos. Estiveram trabalhando no período máximo da construção: carpinteiros, pedreiros, soldadores, armadores, montadores, laboratoristas, motoristas, operadores de máquinas, ajudantes, apontadores, dentre outros.

Ponte

A ponte em construção representa um investimento de R$ 51 milhões. Serão 1.080 metros de comprimento e 14,2 metros de largura. Duas pistas de rolamento e área de passeio estão na composição da Joel Silveira. A distância da água em maré cheia até a base do trecho mais alto será de 17 metros, o que possibilitará a passagem de qualquer embarcação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário