sábado, 12 de junho de 2010

GENTILEZA GERA PAZ NO TRÂNSITO.

Nosso código de trânsito é moderno e tem tudo para reduzir os alarmantes números do trânsito brasileiro. No período de 2007 a 2009 o número de acidentes em Aracaju superou a marca de 6000 registros/ano. As mortes em Sergipe, só no período 2006 a 2008, segundo o IML, foram 423 em média/ano.

É notório que a legislação por si só não é suficiente para mudar a realidade. Fiscalização e especialmente conscientização é imprescindível para a boa convivência no trânsito.

O conhecimento das regras básicas para pedestres, ciclistas e condutores associado à disposição de respeitar os mais frágeis, valorizar a própria vida e a das outras pessoas é o que complementa o bom convívio e a paz no trânsito.

Praticar gentileza é se colocar no lugar do outro, assim, certamente seremos capazes, por exemplo, de evitar o excesso de buzinas como protesto nos semáforos apenas para incomodar pedestres e outros condutores.

Gentileza sugere ser defensivo mantendo distancia segura dos outros veículos evitando colisões, evento comum nos cruzamentos das cidades. Gentileza é entender que a hierarquia do trânsito exige que sejamos cuidadosos com motociclistas, ciclistas, pedestres e outros atores. Afinal todo esforço vale a pena para diminuir as estatísticas e salvar vidas.

Gentileza é respeitar os limites de velocidade, sobretudo nas rodovias. É fato conhecido que os acidentes mais graves acontecem exatamente nas melhores rodovias. Com os investimentos na qualidade das rodovias sergipanas registrados nos últimos anos também temos visto o crescimento dos acidentes.

Acelerar alem dos limites, dentro ou fora do perímetro urbano, é assumir o risco de matar e morrer. Quando vemos placas e sinalização no solo das vias, precisamos considerar que aquelas determinações decorrem de estudos técnicos e que o risco de acidentes é real. Ignorá-las não é inteligente.

Gentileza é ter clareza que ingerir álcool e dirigir, além de ser crime, expõe o condutor a grandes riscos, alguns acabam por provocar acidentes de grandes proporções ceifando a vida de pessoas inocentes.

Gentileza é respeitar o Código de Trânsito como propósito de paz e para melhorar a qualidade de vida dos moradores do seu estado, da sua cidade, do seu bairro, mas especialmente a sua e a de seus familiares. Pense nisso!

Fonte: Jornal do Dia (texto de Sydnei Ulisses de Melo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário