sexta-feira, 8 de março de 2013

POLICIAIS DA CPRv PREDEM CONDUTOR COM CNH FALSIFICADA.




Policiais Militares Rodoviários lotados no posto de fiscalização Jaguar 30, localizado no Povoado Mosqueiro, Aracaju/SE, nessa terça-feira (5), durante a realização de fiscalização na rodovia SE 100, ao realizarem fiscalização a um veículo FIAT STRADA, placa IAJ 2178, conduzido por Edson de Jesus, com 33 anos de idade, suspeitaram da autensidade do documento de habilitação que o condutor estava portando e após verificação do seu número de registro junto ao CIOSP, bem como verificarem a inexistência dos sistemas de segurança da CNH, foi constatado que a carteira de habilitação era falsa.

De imediato os policiais deram voz de prisão ao condutor, conduzindo o mesmo até a quarta delegacia metropolitana, onde foi adotada as providencias cabíveis, sendo o veículo removido para o pátio do DETRAN/SE.

De acordo com a Resolução 192 do CONTRAN, datada de 30 de março de 2006, a qual inseriu alguns sistemas de segurança na Carteira Nacional de Habilitação, os policiais podem verificar facilmente a autenticidade de um documento de habilitação:

Foto do Motorista – Deve ser colorida e impressa por sistema de não impacto, sem relevo, com alta definição. No fundo da fotografia a imagem do portador é mesclada, onde se pode ler a expressão “CARTEIRA NACIONAL DE HABILITAÇÃO”.

Impressão de dados de Motorista: Não é feita por impressão de impacto, não é sentida pelo tato e é efetuada em duas cores: PRETO E BRANCO.

Delocrome: È uma película plástica existente em uma única face da CNH que protege os dados impressos.
Fios em Negrito: Estão presentes na tarja lateral da face da CNH e inseridos em relevo e desta forma passiveis de verificação a olho nu ou tato.

Talho-Doce Positivo: Impressão em relevo em vários pontos da CNH, dentre os quais o Brasão da Republica e texto “REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL”.

Sigla CNH em positivo e negativo: Os impressos são com tintas incolor, reativa aos raios ultravioletas com aparecimento das imagens em tom amarelado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário