quarta-feira, 3 de abril de 2013

CPRv APRESENTA DADOS DAS RODOVIAS DURANTE O 1° TRIMESTRE DE 2013.




A Companhia de Polícia Rodoviária Estadual – CPRv, encerrou o primeiro trimestre de 2013 com dados positivos das fiscalizações efetuadas nas rodovias estaduais.

 Com a implantação por parte do comando da CPRv de uma nova modalidade de policiamento e fiscalização (o tático ostensivo rodoviário) nas rodovias estaduais, foi verificado uma maior presença da Companhia de Policia Rodoviária em diversas regiões do Estado, que anteriormente não tinha uma fiscalização mais efetiva da CPRv, aumentando de maneira significativa a quantidade de veículos e condutores abordados, conseguindo recuperar veículos com restrição de roubo e furto e apreender armas de fogo.

Fiscalização 1° trimestre de 2013:

DADOS
QUANTIDADE
MÉDIA MENSAL
Número de autos confeccionados
3.794
1.264,67
Número de CNHs recolhidas
247
82,33
Número de veículos removidos ao pátio do DETRAN
528
176,00
Número de animais recolhidos
168
56,00

Fiscalização no 1º trimestre de 2012:

DADOS
QUANTIDADE
MÉDIA MENSAL
Número de autos confeccionados
1.495
498,33
Número de CNHs recolhidas
80
26,67
Número de veículos removidos ao pátio do DETRAN
178
59,33
Número de animais recolhidos
65
21,67

Como consequência desse aumento nas fiscalizações, a CPRv observou uma redução no número de acidentes nas rodovias estaduais durante esses três meses, efetuando um comparativo com dados do mesmo período de 2012.

Acidentes registrados no 1° trimestre de 2013:

DADOS
QUANTIDADE
MÉDIA MENSAL
Número de acidentes registrados
218
72,67
Número de vítimas lesionadas
180
60,00
Número de mortes no local
30
10,00

Acidentes registrados no 1° trimestre de 2012:

DADOS
QUANTIDADE
MÉDIA MENSAL
Número de acidentes registrados
296
98,67
Número de vítimas lesionadas
210
70,00
Número de mortes no local
28
9,33

A CPRv lembra que em caso de urgência, emergência, animais soltos e denúncia nas rodovias estaduais, o cidadão deve ligar para o telefone 198, de qualquer região do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário